27/04/06

Dar e Receber

O pecado dos pais

Os pais não ensinam aos filhos o “dar-e-receber”.

Vem daí todo o conflito da juventude. Os filhos acostumam-se a receber tudo dos pais, dos empregados, de todos. Mas não são ensinados a dar. Eles se acham o centro de tudo.

Só conseguimos inspirar bem, se expirarmos todo o ar dos pulmões, isto é, se tivermos doado o gás carbônico; a alimentação só trará satisfação a quem tiver doado os excrementos para adubo; todo o funcionamento do nosso organismo é organizado em dar e receber.

As plantas que fenecem viram adubo e alimento para novas plantas. O relacionamento entre todas as plantas e animais, naturalmente exercem o dar e receber. Tudo na natureza é organizado dessa forma: chuva, correntes de ar, etc. Só a criatura humana não percebe nada disso e não pratica.

O dar não se refere a dinheiro, mas pode ser um sorriso espontâneo, uma palavra boa. Então, se a criança for ensinada a dar sempre que receber algo, não teremos mais monstrinhos petulantes, exigentes e malcriados. Seriam pessoas agradecidas e de bem com a vida. Só tem direitos, quem cumpre seus deveres.

A juventude toda sofre desse mal, os adultos e a sociedade em geral também, porque não foram ensinados.


Lúcio Pinheiro Leão.

Nenhum comentário: